Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

Destralhar

14.01.17, Vânia Carranca
Este é para mim o primeiro passo a dar no sentido do minimalismo e de uma vida mais simples. Podemos destralhar tudo na nossa vida, as nossas rotinas, as nossas relações, os nossos compromissos , a nossa casa... Para mim a casa foi o ponto de partida e depois tudo o resto acabou por vir com naturalidade. Ao destralhar, separe as coisas que já não pretende que façam parte da sua casa minimalista em 3 grupos:   Para ir fora - Coloque todos os objetos partidos, danificados, (...)

Fazer da nossa familia minimalista

13.01.17, Vânia Carranca
Decidimos seguir uma vida mais simples, longe da acumulação de bens desnecessários, num ambiente mais organizado e abandonar os nossos hábitos consumistas. Agora só falta que a aqueles que mais amamos e com quem partilhamos a nossa vida e a nossa casa não remem em sentido oposto. Mas nem sempre isso é fácil.    Também não queremos ser os maluquinhos/as da organização, obrigando os nossos familiares a terem as suas roupas guardadas por cores e ordem cronológica de (...)

Entra um, sai outro

10.01.17, Vânia Carranca
Nos tempos em que o consumismo desenfreado tomava conta de mim o meu marido, o minimalista nato cá de casa, colocou uma regra por forma a impedir a continua perda de espaço no nosso pequeno T1. "Sempre que comprares um par de sapatos, outro terá de sair"     Como contra factos não há argumentos, pois a verdade é que já não tínhamos mais espaço onde arrumar sapatos, cumpri rigorosamente a "regra".    Nunca os contei, mas é possível que entre tennis, sapatos de verão, (...)

Como ter uma cozinha minimalista

07.01.17, Vânia Carranca
Sabe aquelas imagens de cozinhas espaçosas, limpas e organizadas que achamos só existirem, mesmo, numa bela fotografia? É possível ter uma cozinha de catálogo, para isso basta manter apenas o essencial.   A cozinha tem importantes funções, é o local onde guardamos, preparamos e comemos os alimentos. Esta divisão, deve por isso, facilitar a realização destas funções mas também ser um local agradável para partilhar com a família.     Para começar Retire tudo o que tiver (...)

Não é falta de espaço, são coisas a mais

02.01.17, Vânia Carranca
2016 foi o ano que iniciei o estilo de vida minimalista. Contudo, não acordei um dia de manhã e pensei que queria viver com menos coisas. Foram vários os motivos que me fizeram seguir neste sentido. Um deles foi a falta de espaço em casa.   Vivi durante 3 anos num pequeno apartamento T1. Inicialmente o meu T1 era mais que suficiente e após finalizar a mudança ainda sobrou espaço. Contudo ao longo desses 3 anos os bens materiais foram crescendo e acumulando. O apartamento que (...)

A dificuldade do desapego

31.12.16, Vânia Carranca
Ao longo deste meu percurso em busca da simplicidade, uma das coisas que se tem mostrado mais difícil é praticar o desapego. Não consigo identificar exatamente aquilo que me fez, em tempos, apegar a determinados objetos mas tenho encontrado formas de tornar esta tarefa mais fácil.   Tenho, por isso, andando mais atenta e em conversas com amigos e familiares ouvi muitas histórias de apego e desapego.     A prenda de casamento Um lindíssimo e enorme faqueiro com banho de prata (...)

Como organizar o seu quarto minimalista

12.12.16, Vânia Carranca
O nosso quarto tem duas principais funções. É onde dormimos e onde trocamos de roupa. Sendo o descanso muito importante para nós, este local deve de o promover e facilitar.   Para que isso seja possível não podemos ter um espaço sobrecarregado de objetos, móveis ou roupa. Deve de ser um espaço que transmite serenidade, fácil de arrumar e limpar e com uma manutenção que não despenda demasiada da nossa energia.      Móveis Os nossos quartos devem de cumprir estas duas (...)

Uma casa minimalista

23.11.16, Vânia Carranca
Pode pensar que ter uma casa minimalista passa por ter todas as paredes brancas, móveis e decorações em tons nude. Mas esta não é a história toda, os minimalistas sabem que ter menos coisas oferece mais espaço para o foco, para a gratidão e favorece uma maior qualidade de vida.     Reduza o número de objetos A nossa casa é o local onde nos devemos sentir