Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

Minimalismo digital

Desafio destralhe digital

train-track-2507499 (1).jpg

Tenho vivido numa luta interior no que diz respeito as redes sociais. Estive alguns anos fora, e apesar dos comentários de amigos e colegas de trabalho que achavam que a falta de uma rede social era como a falta de um cartão de identificação nunca senti que me fazia falta. (Seres sociais, Redes sociais) Contudo quando comecei a dar aulas de Yoga achei que seria conveniente ter um meio de divulgação do meu trabalho.

 

Comecei por ter apenas uma página profissional mas acabei por me render e também já tenho paginas pessoais por esses facebook e Instagram fora. 

 

Na verdade percebi o quão viciante estas aplicações podem ser, qualquer momento de tédio dou por mim a lamber o feed de uma destas redes sociais sem qualquer objetivo. Por vezes pego no telemóvel só porque sim, bastam 10 segundos de tédio. Nem vou referir a exposição constante a encenações de vidas que nos fazem acreditar que existe algo de errado com a nossa. Mais que isso considero que este tipo de aplicações são extremamente aditivas e são elaboradas com esse propósito. 

 

Não estou com isto a negar as vantagens, longe disso, o acesso que hoje temos à informação é incrível e as redes sociais já nos permitiram coisas muito boas. 

 

Mas no seguimento do meu desconforto com algumas das desvantagens da tecnologia decidi aderir ao desafio proposto no post do Blog Ana, Go Slowly, Desafio destralhe digital. Consiste basicamente em fazer uma espécie de detox/destralhe digital durante 30 dias. As regras serão definidas por cada um de nós, quer em relação as apps que serão proibidas durante os 30 dias, quer em relação as que vamos continuar a utilizar quando e por quanto tempo. Depois é escolher os período de 30 dias e seguir o desafio. 

 

Penso que este período de tempo, para mim, vai me permitir perceber quanto tempo gasto neste aplicações e como posso usar esse tempo para outras coisas na vida real. Vai ajudar a clarificar quais são as ferramentas que a nível profissional ou pessoal acrescentam valor e me auxiliam no caminho que pretendo seguir. 

 

Acima de tudo acho que me vai permitir ter a consciência do quão viciantes podem ser as redes sociais e outras aplicações e de como por vezes são elas que nos usam e não nós que as usamos!

 

Iniciei o meus 30 dias hoje, no final dos 30 dias farei um balanço dos mesmos.

 

Quem mais vai entrar neste desafio?