Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

Qua | 29.01.20

Flexibilidade como parâmetro de saúde e qualidade de vida

Vânia

eu.jpg

A flexibilidade é normalmente uma das primeiras dificuldades que os iniciantes sentem nas aulas de Yoga. O trabalho de alongamentos por si só não é habitualmente realizado em outras modalidades, sendo utilizado apenas no final de um exercício físico intenso.

 
É por isso uma dificuldade muito comum e não deve de ser um motivo para não começar a praticar Yoga, se assim o entender, pois tal como a força ou a resistência, pode também ser melhorada.
 
Claro que existe quem tenha naturalmente uma maior flexibilidade comparativamente com outras pessoas mas cada um deve de trabalha-la dentro das suas limitações anatómicas e morfológicas.
 
Ter muita flexibilidade pode até ser útil para impressionar em alguns asana mais exigentes mas o verdadeiro benefício dos alongamentos é o estiramento que provoca no sentido contrário ao da contracção do músculo o que vai aumentar, não só, a sua definição como a força de todas as suas fibras. Os alongamentos previnem lesões mas também são um tipo de exercício que abre espaço para uma respiração mais tranquila e para o relaxamento mental, tão característicos das práticas de Yoga.
 
A flexibilidade a par da força é um parâmetro de saúde e qualidade de vida que deve ser tido em consideração. Gradualmente ao longo dos anos vamos perdendo a amplitude dos movimentos e por isso mesmo a flexibilidade deve de ser trabalhada, permitindo a manutenção da agilidade e facilitando a realização de simples tarefas diárias ao longo de toda a nossa vida.
 
Quer mais alguns motivos para fazer exercicios de flexibilidade? Ora Veja:
 
Melhora a postura
Melhora a função respiratória
Previne lesões musculares e articulares
Aumenta a amplitude articular
Promove o alívio de tensões musculares
Aumenta a qualidade dos movimentos
Facilita a realização de tarefas do quotidiano
 
E então ficou convencido/a? Vamos trabalhar a nossa flexibilidade?
 
Namastê

4 comentários

Comentar post