Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

Seg | 20.04.20

Todos os benéficos do Yoga que ainda não conhece

Vânia

_DSC0186.JPG

As posturas realizadas no Yoga são muito particulares! O que mais me despertou a curiosidade nesta prática milenar foram todos os benefícios que vão muito para além do óbvio trabalho articular e muscular.

O Yoga é uma atividade física? Sim, mas não só. O Yoga é uma prática mente/corpo/espírito!

 

Numa aula, não só se trabalha, por exemplo, os músculos abdominais como também a auto-estima, a estabilidade emocional, a tranquilidade, melhora-se o funcionamento dos órgãos internos , aumenta-se o bem-estar geral entre muitas outras coisas.

Não é extraordinário poder se exercitar e ainda ter uma intervenção positiva na sua saúde física, mental e emocional? Eu, considero que sim, e por isso e por outros tantos motivos me apaixonei por esta prática.

Veja alguns dos benefícios que ainda não sabia que o Yoga pode trazer à sua saúde e ao seu bem-estar!

 

Posturas sentado

_DSC0145.JPG

Por permitir um maior apoio ajudam a criar estabilidade facilitando, também, o alinhamento mais correto da coluna vertebral e assim, contribuir para uma melhor postura.

 

Inclinações para a frente

40960969_337583606980344_2991773114863452160_o.png

Ajudam a nutrir os órgãos abdominais melhorando, sobretudo, a digestão. Promovem o alongamento da coluna e o relaxamento da zona cervical. Fisiologicamente têm um poderoso efeito calmante, relaxante e anti-stress.

 

Inclinações para trás

_DSC0942.jpg

Por ser um movimento habitualmente não realizado na nossa vida diária, cria uma maior mobilidade e elasticidade na coluna. A abertura de peito que estas posturas obrigam têm a capacidade de revigorar e restabelecer a auto-estima.

 

As torções

_DSC0101.JPG

Também um movimento pouco realizado no nosso dia-a-dia permitem tonificar a coluna vertebral em toda a sua extensão. Atuam sobre os órgão internos que fazem naturalmente desintoxicação, favorecendo a função de eliminação desses mesmos órgãos. Este conjunto de posturas ou asana melhoram, também, a digestão.

 

Posturas invertidas

27545120_203162583755781_108252973832014058_n.jpg

Estimulam o sistema endócrino e através da acção da gravidade promovem uma melhor circulação sanguínea por todo o corpo e a nível cerebral, facilitando o estado meditativo. Aumento do vigor mental e da energia, funcionando como um estimulante natural.

 

Os equilíbrios

fghjk.jpg

Aumentam a estabilidade postural, têm um poderoso efeito positivo sobre a auto-estima e segurança. A concentração é muito trabalhada neste tipo de posturas que, por sua vez, ainda, possibilitam a aprendizagem da vivência do momento presente.

 

Exercícios de tonificação e aquecimento

Aumentam a circulação sanguínea por todo o corpo preparando-o para uma prática de Yoga mais intensa ou funcionando eles próprios como uma prática dinâmica. Melhoram a resistência e trabalham a coordenação e a concentração.

 

Postura de repouso

_DSC0182.JPG

Possibilitam uma maior perceção do trabalho realizado ao longo da prática e ajudam a recuperar e a incorporar os benefícios após a realização de posturas mais exigentes ou com maior tempo de permanência. Estas posturas tornam uma prática de Yoga equilibrada e com efeito regenerante.

 

Namastê!

Sex | 17.04.20

Faça um retiro de Yoga sem sair de casa!

Vânia

Cama_Portobello.jpg

Se já participou em um retiro de Yoga sabe como esses dias longe da sua rotina habitual e com práticas de Yoga, meditação e pranayama acompanhadas de uma alimentação natural e saudável, em contato com a natureza, podem lhe trazer renovadas energias.

 
Nem sempre tem a possibilidade de se ausentar para um retiro deste tipo mas eu vou ajudá-lo/a a criar um retiro Zen na sua própria casa. Escolha um dia que esteja de folga, sozinho ou acompanhado por alguém que pretenda fazer este pequeno retiro consigo.
 
 
Comece no dia anterior

Imagem de Free-Photos por Pixabay

Quando sai para um retiro tem de fazer a sua mala com aquilo de que vai necessitar, visto que vai permanecer por casa esta preparação vai se centrar em outros aspectos.

 
Prepare no dia anterior as refeições, a roupa que vai usar e o seu local de prática. Evita, assim, a necessidade de toma de pequenas decisões que acumuladas ao longo do dia acabam por nos roubar tempo e energia.
 
Prepare ou deixe tudo adiantado para as 3 refeições principais (pequeno almoço, almoço e jantar) e prepare, também, alguns snacks bem nutritivos e energéticos. Para reproduzir um retiro os pratos devem ser vegetarianos ou veganos e de preferência orgânicos (no entanto aqui a escolha é sua, o importante é que se sinta bem).
 
 
Acorde cedo

alarm-clock-2175382.jpg

 

Eu sei acordar cedo no seu dia de folga é uma chatice, mas pense, não acorda cedo para ir trabalhar? Porque não acordar cedo para fazer algo de que realmente gosta Não precisa madrugar eu diria que acordar às 7 horas é uma óptima hora. Faça os 5 rituais ayurvédicos , que o vão deixar preparado/a para o dia que lhe espera.
 
 
Práticas de Yoga

yoga-876744.jpg

Depois do ritual ayurvédico matinal está preparado/a para iniciar a sua prática de Yoga matinal, no local que preparou no dia anterior. Yoga logo pela manhã é ótimo trás inúmeros benefícios. Pode fazer uma segunda prática ao final do dia ou só mesmo essa prática, aqui a escolha será sua.

 
Se é um/a yogi/yogini com experiência faça a sua prática seguindo apenas o seu instinto, deixe que o corpo peça as postura de que precisa. Pode também seguir alguma prática de Yoga atravez do YouTube, tendo assim a possibilidade de selecionar o tema da sua própria aula ou o tempo de duração. Pode também fazer uma prática de Yoga em direto, tendo em conta a vasta oferta que existe hoje em dia. 
 
 
Nota: Nos retiros as primeiras práticas do dia são feitas em jejum, atenção se não é um/a yogi/yogini avançado/a e habituado/a ao jejum intermitente não o faça sem antes comer uma refeição leve.
 
 
Desconectar

hourglass-1875812.jpg

Nos períodos entre as práticas aproveite para se manter em retiro, pode apenas descansar em silêncio, ler, ouvir música, meditar, escrever ou aquilo que mais lhe apetecer, é apenas "proibido" ver televisão, navegar na Internet ou ler noticias. O objetivo é também dar algum descanso mental e espiritual evitando a sobrecarga de informação, o que aconteceria, obrigatoriamente, num retiro.

 
 
Passeio Zen
Kinhin é o nome da meditação em movimento praticada no Budismo Zen. Trata-se de uma caminhada que promove a tranquilidade, a concentração e trabalha o estado de consciência no presente. Faça uma caminhada fora de casa (ou mesmo dentro de casa), em um local que lhe seja agradável estar, no campo ou ao pé do mar, por exemplo. Mais uma vez, evite o trânsito ou locais com muitas pessoas para não lhe distraírem do seu processo Zen.
 
 
 
Momentos de silêncio

As refeições podem e devem ser realizadas em silêncio, caso se encontre acompanhado/a será um desafio, contudo, valerá a pena. No período após o jantar será importante adquirir o silêncio como seu amigo até a hora de se deitar. A este processo dá-se o nome de mauna. O silêncio pode ser muito revelador de si mesmo sendo um importante processo introspetivo.

 
 
Meditação

meditation_yoga_445157.jpg

Os períodos de meditação sentado/a podem ser realizados ao longo do dia, pela manhã ou à noite. Após as práticas de Yoga será uma das alturas ideais para meditar pois aqui o seu corpo e a sua mente estão preparadas para esse processo . A meditação vai lhe proporcionar o descanso e desconexão mental que procura habitualmente num retiro. 

Existem algumas aplicações com meditações disponiveis ou também vídeos no YouTube, caso pretenda uma meditação guiada. Uma meditação em silêncio é sempre mais desafiante por um lado mais mais simples de realizar. 
 
 
Deite-se cedo
Para terminar o seu retiro Zen nada como uma boa noite de sono. Uma noite tranquila vai embalar o seu bem-estar para que no dia seguinte se sinta uma nova pessoa restabelecida e cheia de novas e boas energias. Tal como iniciou a sua manhã faça um processo holístico no final do dia e vai ter assim a sua noite de sono reparadora.
 
Que tal, vai aproveitar o fim de semana para fazer o seu retiro de Yoga caseiro? 
Namastê!
 
 
 
 
Qui | 16.04.20

Alimentação na Primavera

Todas as dicas da Medicina Ayurvédica

Vânia

Imagem de pasja1000 por Pixabay

Tal como os ciclos do dia existem ciclos ao longo de todo o ano. A ayurveda divide o ano em 3 ciclos em vez das 4 estações do ano a que estamos habituados.

 
Neste momento estamos na estação/ciclo Kapha que vai desde o início da primavera (meio do mês de marco) até ao início do verão (meio do mês de junho).
 
O dosha Kapha é um elemento regido pelas características da terra e da água e para mantermos este dosha equilibrado devemos de ter estímulos na nossa vida, praticar exercício físico, ter controlo do nosso peso, viver experiência variadas e reduzir os doces.
 
Nesta época do ano na nossa alimentação devem de estar presentes sobretudo os sabores pungente , amargo e adstringente.
 
Para além disto, é importante que todos sigamos e mantenhamos uma rotina sazonal (ritucharya) para a manutenção do equilíbrio interno ao longo de todo o ano.
 
 

Alimentação na Primavera:

Algumas das sugestões da ayurveda todos nós acabamos por as seguir naturalmente sem que nos apercebamos, pois o nosso corpo é sábio e pede aquilo que precisa a cada estação. Preferimos comidas mais leves no calor e bebidas quentes no inverno é um exemplo bem simples desta sabedoria do nosso corpo.

 
  • Na primavera prefira uma dieta mais leve, mais seca e com menos gorduras comparativamente com outras estações do ano;

 
  • Um bom pequeno almoço é essencial nesta estação do ano ( nesta e em todas, é de manhã que se começa o dia e depois do jejum prolongado da noite nada como um pequeno almoço saudável). Em vez de começar o seu dia com um shot de cafeína acorde o seu corpo com comidas leves tais como panquecas de trigo-sarraceno, uma bebida quente com uma pitada de mel. Cereais frios, sumos, leite e pastelaria estão proibidos nesta altura do ano;
 
  • Reduzir os doces é essencial, experimente uma semanas e garanto que se vai sentir mais leve e energético e vai querer continuar sem eles no seu dia-a-dia. O mel, no entanto, é um doce que a ayurveda recomenda, contudo não deve de ultrapassar a toma de uma colher de sopa por dia. Outra dica, o mel não deve ser sujeito a temperaturas elevadas e por isso deve-se evitar cozinhar com ele, prefira-o a frio para obter todos os seus benefícios;
 
  • Use e abuse das sementes de sésamo, pode colocar estas no pão pois ajuda a contrabalançar a característica doce e pesada do trigo;
 
  • Fritos, estão fora de questão e por isso deve de os eliminar da sua dieta. Tente usar menos manteiga e óleos nos seus cozinhados dando preferência a gorduras mais saudáveis. A ayurveda recomenda o óleo de amêndoa e de girassol, eu adoro o nosso bom e velhinho azeite e por vezes também o óleo de coco;
 
  • Os legumes devem de ser cozinhados a vapor para que fiquem crocantes, pois tudo o que for fresco e crocante estimula e equilibra o kapha;

     

     

    -----» Os produtos lácteos devem de ser reduzidos. Manteiga, gelados e queijos são dos que tornam o seu sistema mais frio e congestionado. Aqui confesso gelados é difícil, porque nesta altura quem não tem saudades de voltar a comer um gelado? Agora, pode sempre optar por gelados sem produtos lácteos, podendo mesmo fazê-los em casa. Super simples.

     

    • Apesar de já se fazer sentir temperaturas mais agradáveis prefira ainda bebidas quentes para que não ocorram desequilíbrios.
     
    • Dê preferência a alimentos de paladares adstirngentes tais como a fruta, legumes e saladas para um bom funcionamento do intestino. Apesar da ayurveda dar sempre preferência a comida cozinhada a fruta e as saladas são a melhor exceção a esta regra.
     
    • Os paladares pungente são dos mais importantes nesta época do ano, pode acrescentar estes sabores recorrendo as especiarias sendo esta uma das melhores maneiras de equilibrar o Kapha.
     
    • Os paladares amargos também devem ser introduzidos na alimentação, como exemplo temos a casca de limão, espinafres e hortaliças de folha.

       

      Tudo pronto para uma Primavera florida! 

       

      Namastê!

Qua | 08.04.20

O minimalismo caiu sobre a minha (nossa) cabeça

Vânia

Imagem de Free-Photos por Pixabay

Sete da manhã, espreito pela janela! O dia esta chuvoso, penso que assim é melhor, custa menos estar em casa quando chove lá fora. Por outro lado a chuva, o tempo cinzento também nos deixa a nós mais cinzentos... 

Questiono-me se vale a pena trocar o pijama...por um fato de treino. Valerá mesmo a pena? E aquelas calças novas que tinha comprado recentemente, para que as vou vestir dentro de casa? Ninguém as vai ver. Porque comprei, afinal, as calças? Para outros as verem? 

Os ovos acabaram...nunca me tinha apercebido como adoro comer ovos pela manhã! Eles nunca tinham faltado cá em casa...

Apesar de ter aguardado o maior número de dias possível é preciso ir ao supermercado. Mas não me sinto segura lá fora...e se trago alguma "coisa" para dentro de casa? Bem, calma! Vou só às compras... 

E se me cruzo com alguém dentro do prédio? Do elevador, na rua? Tenho medo dos outros e os outros têm medo de mim! Somos todos uma espécie de zumbies disfarçados de pessoas saúdáveis?! 

Todos os dias telefono aos meus pais, antes não tinha tempo....ou talvez tinha demasiadas desculpa para não ter tempo. Passei a arranjar tempo para ligar todos os dias... 

Agora sim, forçosamente foi obrigada a ver e a valorizar aquilo que é efetivamente mais importante e o que faz realmente falta para nos sentirmos bem, felizes, saudáveis.... não basta escrever teorias minimalistas, é preciso senti-las efetivamente...vive-las!!!