Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

Já sabes respirar?

02.08.17, Vânia Carranca

 

happiness-1866081.jpg

Perguntou-me uma colega das aulas de Yoga. "Já sabes respirar?" Fiquei sem resposta. 

"Vim para o Yoga para aprender a respirar, por recomendação médica." 

 

Era uma aluna recente nas aulas de Yoga e por isso esta questão não me faz qualquer sentido. Porque teria de aprender a respirar? Respirar é algo inato não precisamos de o aprender a fazer.

 

É verdade, é inato, não foi preciso ninguém nos ensinar mas conforme vamos crescendo vamos alterando a forma como o fazemos. A culpa, essa, é do grande inimigo deste século, o stress.

 

Quando está sob stress a sua respiração é rápida, curta e usa sobretudo a zona clavicular. Quando está, por exemplo, a dormir a sua respiração é calma e prolongada e usa a zona baixa dos pulmões. 

 

Por isso a respiração é a mais poderosa ferramenta que todos temos para controlar a resposta ao stress. No Yoga faz-se através do Pranayama, a disciplina que contempla um conjunto de exercícios respiratórios. 

 

Ao prolongarmos a nossa respiração reduzimos a tensão arterial, a tensão arterial é controlada pelo sistema nervos simpático e este é o mensageiro da resposta ao stress. Portanto controlo da respiração, controlo do stress.

 

Mais disto, menos daquilo

01.08.17, Vânia Carranca

j0dw8ktxgmm-kari-shea.jpg

Passamos o nosso dia sempre a grande velocidade e algumas vezes nem paramos nos STOP. Mais tarde a vida acaba por nos apresentar as multas.

 

Cometemos excessos em determinadas áreas e deixamos outras em défice, mas com pequenas e simples mudanças podemos mudar estes padrões. Aquilo que temos mais constante nas nossas vidas são as mudanças, porque não introduzir pequenas mudanças para o nosso bem estar!?

 

Comer menos

Sim, a grande maioria de nós come mais do que aquilo que realmente necessita. Agora não vale ficar sem almoçar para comer menos e depois acabar cheios de fome a fazer escolhas menos positivas para a nossa saúde. Comer menos, fazer escolhas mais equilibradas e com foco nos benefícios para a nossa saúde. 

 

Andar mais

Já repararam que metade do nosso corpo é constituído por pernas, então vamos lhes dar uso. Caminhar é algo simples, natural e inato. Precisamos mesmo de ir aos correios de carro? Porque não ir a pé. 

 

Menos informação

Assim que acordamos queremos nos ligar ao mundo, Tv, Smartphone, Tablet, redes sociais, jornais... Não temos a capacidade de absorver tanta informação ao longo do nosso dia e com tantas distrações nem reparamos nas coisas boas que acontecem mesmo ao nosso lado. A verdade é que não precisamos estar sempre ligados!

 

Mais pausas

Todos precisamos de pausas, nem que sejam pausas de 5 minutos onde simplesmente não façamos nada. Até o nosso coração faz uma pequena pausa entre batimentos. Pequenas pausas ao longo do dia vai-nos permitir diminuir o ritmo e retomar o foco naquilo que é importante.