Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

Ter Menos Ser Mais

Encontre nas coisas simples a liberdade, a felicidade e a intencionalidade da vida

60 dias de Guarda-Roupa Cápsula

Dois meses se passaram, com 40 peças e sem adquirir roupa nova...bem nem tudo foi assim!

 

young-blonde-girl-shopping-at-the-clothing-store-p

Neste momento tenho 45 peças de roupa na minha cápsula. O que aconteceu? 

 

Algumas das peças que inicialmente separei, ao fim de um mês não as tinha, ainda, usado e portanto regressei ao fundo do meu sommier e troquei por outras das quais tinha sentido falta, acabando  também por "resgatar" 4 peças. 

 

Estas trocas e "resgates" reflete o facto do nosso Guarda-Roupa Cápsula (veja aqui como fazer o seu GRC) nos permitir perceber melhor qual é o nosso estilo, quais são as cores que mais usamos e qual é o corte que nos favorece. Neste seguimento, aconselho a que não se "livrem" de imediato das vossas roupas pois existe a forte possibilidade de as quererem de volta.

 

No natal foi-me oferecida uma nova camisola, contudo ao saberem do meu projeto minimalista foi questionada, primeiramente, que blusa me faria falta e que cor se iria encaixar melhor para que a nova peça de roupa fosse "bem-vida".

 

Quanto as compras ou melhor à ausência delas, ao contrário daquilo que esperava não tem sido nada difícil (veja aqui como fazer compras mais conscientes). Simplesmente não compro roupa nova porque tenho a noção de que aquilo que atualmente possuo é perfeitamente suficiente. Sabemos que olhos que não veem coração que não sente e perante esta máxima reduzi drasticamente os meus passeios pelos centros comerciais.  Quando lá preciso de ir não entro em tudo quanto é loja, continuo a gostar de ver as montras mas se não tenho nada para comprar não preciso de entrar

 

Neste momento já consigo identificar roupas que "faltam" no meu GRC por outro lado também consigo identificar que tipo de peças estão em excesso.

 

Apesar disto não vou adquirir novas peças até que outras estejam em condições, ou fora delas, para sair do meu roupeiro. Ai, sim, poderei adquirir novas peças de roupa dentro daquilo que são as minhas necessidades reais

 

9 comentários

Comentar post